Não perca a chance de visitar um Tshechu Butanês.


O filme mostra um pouco de nossa visita, meses atrás, à um Tshechu, tradicional festival budista. Encarapitados no alto de uma montanha, cercados por paisagem indizível, cores, sons e butaneses sorridentes (praticamente um pleonasmo), vivemos uma experiência fantástica. Assistimos danças que ensinam o Dharma budista e abençoam os espectadores, protegendo-os do infortúnio e de todo o mal. Jogamos dados, provamos chá de manteiga, brincamos de arco e flecha, o esporte nacional, tomamos parte na celebração, fomos acolhidos por dançarinos mascarados e gente de todas as idades. Um Tshechu, além de sua importância religiosa, é uma grande reunião social, ocasião em que todos vestem suas melhores roupas e jóias. Para demonstrar respeito à comunidade, também usamos trajes típicos - encontrados com facilidade no comércio local. Em abril de 2017 voltaremos ao Butão, novamente em um pequeno grupo, para visitar as principais atrações do país e - é claro - participar de um Tshechu. Vem com a gente? Preferindo conhecer o Reino do Felicidade ainda em 2016, tudo certo.Peça que seu Agente de Viagens entre em contato com a Blanc Tour (www.blanctour.com.br) e cuidaremos de tudo para que sua viagem - sozinho, em casal ou grupo de amigos - seja inesquecível. Abaixo, o Tshechu pelo olhar de Irene Anzanello e Elza Nagano.

#butao #tshechu